Benefícios

Aumento de salário ou benefícios para os colaboradores?

Uma dúvida muito comum em ambientes corporativos: “Aumento de salário ou benefícios para os colaboradores?”. Sempre que a empresa deseja motivar suas equipes, essa questão acaba sendo levantada. Como nós somos especialistas em valorizar as pessoas, preparamos esse conteúdo para te ajudar a entender tudo sobre o assunto! 

Por isso fica ligado até o final, e esteja pronto para tomar decisões com maior sabedoria!

No anseio de valorizar os profissionais que etão realizando um ótimo trabalho, é possível que a empresa “meta os pés pelas mãos”, gerando mais desconforto do que contentamento. Como nosso desejo é evitar a insatisfação dos funcionários, é preciso que gerentes e profissionais de RH tenham cuidado nessa hora. O aumento salarial muitas vezes irá gerar alegria e realização, por parte daqueles que recebem. Mas, e o restante da equipe? Não podemos correr o risco de beneficiar uns, em detrimento da realização de outros. Em relação aos benefícios, descobrimos uma excelente maneira de motivar a todos, e satisfazer o clima geral da organização.

Remuneração: o que é e como fazer modificações inteligentes nela?

Para entendermos melhor sobre esse tema, é necessário identificar que o conjunto de salários mais benefícios, formam a remuneração do empregado. Ou seja, salário é todo valor fixo ou variável, que um colaborador recebe em troca de sua força de trabalho. Enquanto benefícios são vantagens, ou bonificações, que o colaborador recebe, sem impactar necessariamente o financeiro. Como exemplos de benefícios estão vale-alimentação ou refeição, auxílio-creche ou escola, entre outros.

Sabemos então, que a remuneração é uma ferramenta chave para atrair e reter talentos em seu time. Afinal, quando alteramos a remuneração, seja no âmbito financeiro com aumentos salariais, seja com a oferta de novos benefícios, geramos maior contentamento. Mas existem pontos cruciais que devemos observar, na hora de tomar decisões que modifiquem a política de remuneração.

Quando é a hora certa de propor um aumento salarial?

Na grande maioria das vezes, o desejo por aumentar o salário vai partir do funcionário. Insatisfação pelo valor recebido frente a um bom resultado entregue, faz com que normalmente a iniciativa de se avaliar o pagamento, parta do próprio colaborador. No entanto, existem também ó0l as ocasiões em que parte da empresa o desejo de aumentar o salário, como incentivo ao profissional.

A saúde financeira da organização precisa ser respeitada

O fator mais crítico, que irá determinar se é a melhor hora ou não, é a saúde financeira do negócio. Não podemos deixar de considerar que um aumento salarial, no final das contas, sempre será maior que o valor repassado. Isso se dá em função das incidências trabalhistas, como impostos, férias e décimo terceiro. Por isso, o cálculo de um aumento salarial deve ser muito bem pensado, respeitando sempre as condições financeiras da organização.

Mesmo com o impacto financeiro, o aumento pode ser um caminho quando precisamos reter um profissional que recebeu uma proposta para sair da empresa, por exemplo. Ou para equiparar o valor do salário, com as práticas exercidas pelo mercado de trabalho, para mesma função em empresas de porte semelhante. 

Quais os pontos negativos a considerar?

Dentre os viés negativos, é necessário observar uma possível insatisfação na equipe, pelo aumento de apenas um indivíduo. Ou diferenças salariais dentro de mesmas funções desempenhadas, podendo gerar causas trabalhistas na justiça. Mas o fator mais impactante é de fato o caixa da empresa, que pode ser prejudicado, se mal calculada a hora de conceder o aumento. Existem políticas de cargos e salários, que poderão ser desenhadas e cumpridas, para maior satisfação e clareza da organização.

Quando é a hora exata de propor novos benefícios?

A opção de conceder benefícios, agrada em suma, a totalidade das pessoas envolvidas na operação. Isso porque alguns benefícios quando implantados, são igualitariamente ofertados para todos, gerando assim um clima de satisfação maior. Nesse caso temos como referência benefícios como plano de saúde, vale-refeição e alimentação, por exemplo. 

Além disso, existe a possibilidade da empresa receber vantagens ao oferecer alguns benefícios. Para benefícios nutricionais, como vale alimentação e vale refeição, existe o PAT – Programa de Alimentação do Trabalhador, com incentivos fiscais para empresas que adotam a oferta desse benefício. Inclusive, nós da Vallora preparamos um material muito especial sobre mudanças e atualizações do PAT. Quer saber tudo, clique aqui!

Vantagem de oferecer benefícios personalizados!

Os benefícios são grandes motivadores nas empresas, pois podem ser um pacote de vantagens tanto para a empresa como para o empregado. É possível construir um pacote de benefícios muito atrativo, que se ajuste às necessidades e interesses de cada pessoa. Chamados de benefícios condicionais, a empresa oferece, mas apenas são contempladas aquelas pessoas que se enquadram em determinada condição.

Nesse formato estão benefícios como o auxílio creche, apenas para quem tem filhos. Ou o auxílio educação, apenas para aqueles que estudam. Também é aqui que se enquadra premiações com metas estipuladas, onde uma viagem, por exemplo, é concedida frente o resultado alcançado. Outra maneira de personalizar benefícios é ofertando cartões flex, com um valor específico liberado por mês, e a liberdade de se optar onde utilizar essa grana.

Benefícios interessantes e a retenção de talentos

Percebemos que o movimento comum do mercado de trabalho, é deixar semelhante ou quase igual o valor de salário pago para cada função. Sendo assim, o que impacta na diferença competitiva dos negócios é o pacote de benefícios apresentado por cada empresa. Quando os salários entram num lugar comum, o que fará diferença na qualidade de vida dos colaboradores será a atratividade de um bom pacote de benefícios. Nesse contexto, as empresas que fazem uma melhor gestão dos benefícios conseguem atrair, mas principalmente reter melhor os talentos.

Leia também: https://vallora.me/sem-categoria/o-pat-mudou/

Como construir e gerir bem o pacote de benefícios?

Nosso principal conselho é que você não percorra essa jornada sozinho. Nós da Vallora, somos especializados em gerir benefícios, e podemos fazer a diferença em seu negócio! Contate nossa equipe hoje mesmo, e veja as melhores opções para sua empresa. Entre em contato com nossa equipe pelo WhatsApp: (48) 9 9148 6346. Nós estamos preparados para te orientar na construção de um pacote de benefícios diferenciado e competitivo, que será eficaz na retenção de seus talentos!

Se esse conteúdo te ajudou, compartilha com o máximo de pessoas! Forte abraço, e até a próxima!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.